mulher com mãos no rosto remetendo ao cuidado com a pele, ao fundo filme negativo, provedor da tecnologia utilizada nos cosméticos fujifilm

Produtos avançados de skincare criados pela Fujifilm

Fujifilm

24 dezembro 2020

Fujifilm e cosméticos? Sim! Confira uma das inovações em nossa história e conheça os produtos avançados para skincare criados pela Fujifilm, e mais: com origem lá nos nossos filmes negativos!

Em 2006, a Fujifilm estreou no mercado de produtos avançados para skincare (cuidados com a pele). No início, muitas companhias deste setor duvidaram das hipóteses de sucesso da Fujifilm.

Contudo, em 2010, as principais marcas da Fujifilm na indústria somavam um total de vendas anuais superior a 10 mil milhões de ienes e os produtos avançados para skincare tinham-se tornado um elemento essencial no portfólio de negócios da companhia. Expandindo-se para além do Japão, a Fujifilm comercializou também com sucesso na Ásia e outras regiões, estabelecendo-se como uma marca global neste mercado.

Então, como conseguiu a Fujifilm, sendo um player completamente novo, desenvolver com sucesso produtos avançados de skincare competitivos?

O fator essencial para a criação os produtos avançados de skincare: as tecnologias da película fotográfica!

Durante vários anos, a Fujifilm foi líder no desenvolvimento e na comercialização de película fotográfica. Contudo, com a chegada das câmeras digitais, o mercado mudou drasticamente.

As vendas de película atingiram o topo em 2000, e a partir de aí, diminuído rapidamente. Imagine se os fabricantes de automóveis subitamente se deparassem com um mundo no qual as pessoas simplesmente deixaram de necessitar de automóveis? A Fujifilm percebeu que apenas uma reduzida percentagem do seu principal setor se manteria. Para sobreviver como empresa, a Fujifilm teria que criar rapidamente novos negócios.

Mas, desde a sua fundação, a Fujifilm desenvolveu um vasto leque de tecnologias originais. Agora, chegara o tempo de fazer um inventário delas.

Uma ideia que surgiu foi alavancar as tecnologias dos filmes fotográficos para desenvolver produtos originais, entre eles, os produtos de skincare.

Acima de tudo, numa primeira análise, a película fotográfica e os produtos para cuidados para a pele não possuem nada em comum. Porém, surpreendentemente, eles têm!

Por exemplo, o colágeno é uma substância essencial para ambos: a película fotográfica e a pele humana. Ele confere à pele resiliência e uma aparência saudável e hidratada. As tecnologias encontradas nos filmes fotográficos da Fujifilm também mostraram outras aplicações para os skincare: antioxidantes e a nanotecnologia podem oferecer uma grande variedade de benefícios nos cuidados para a pele.

Quanto mais a Fujifilm analisava o seu portfolio de tecnologias de película fotográfica, mais promissor se apresentava o futuro. Na realidade, os investigadores da Fujifilm dedicados a esta iniciativa encararam os produtos de skincare com funções e benefícios completamente inovadores. Incentivados pelas oportunidades que se adivinhavam, fizeram avanços rápidos em I&D.

A tecnologia extrai o potencial de ingredientes avançados

A primeira tarefa da equipe foi a de selecionar ingredientes com elevado potencial para os skincare, uma vez que os ingredientes constituem a chave de sucesso para o resultado do produto. Estabelecida ao longo de décadas de I&D na película fotográfica, a base de dados de antioxidantes da Fujifilm incluía cerca de 4000 compostos diferentes, tendo sido individualmente examinados pela equipe.

À medida que avançavam, uma substância destacou-se como especialmente interessante: a astaxantina, um composto vermelho encontrado naturalmente no salmão e no camarão que possuía uma capacidade antioxidante 1000 vezes superior ao da coenzima Q10, considerada um dos antioxidantes mais comuns nos cuidados para a pele.

O potencial da astaxantina foi bem compreendido pela indústria dos skincare. Contudo, a sua aplicação prática foi limitada por uma série de barreiras tecnológicas. O composto é sensível à luz e calor, além de oxidar com facilidade. Portanto, era difícil de manter sob a forma de finas partículas e mesmo a sua dissolução total e uniforme em água não era tarefa fácil. Naquela época, a Fujifilm efetuava pesquisas e a astaxantina evidenciou um potencial reduzido na aplicação nos cuidados para a pele.

Mais pesquisas até encontrar a fórmula perfeita!

Os pesquisadores da Fujifilm compreenderam que um desafio fundamental e bastante difícil seria a produção de partículas de astaxantina ao nível nano e mantê-las numa forma estável. Estavam mais do que preparados para avançar.

Enquanto apenas algumas empresas tinham uma presença substancial no mercado da película fotográfica, milhares de empresas ansiavam por uma quota no mercado altamente competitivo dos cuidados com a pele. Como um player novo, para se evidenciar, a Fujifilm teria que oferecer um valor agregado único. Introduzir-se no mercado um composto altamente desejável, mas extremamente difícil de utilizar na produção, poderia oferecer esse valor. Por isso, continuaram a trabalhar com entusiasmo.

Alavancando o potencial da Fujifilm nos antioxidantes e na nanotecnologia, a equipe focou-se no desenvolvimento da necessária tecnologia de processamento de astaxantina. Quanto menores eram as partículas criadas, maior era a área de superfície das partículas diante do seu volume. Esta área de superfície superior tornou as partículas de astaxantina suscetíveis a reagirem com o oxigênio e, por consequência, a degradarem-se. Os pesquisadores da Fujifilm ultrapassaram esta dificuldade otimizando os agentes emulsificantes da fórmula, que ajudam os compostos a misturarem-se totalmente com suavidade. Descobriram também aditivos que podiam ajudar a impedir a oxidação das partículas de astaxantina.

A iniciativa resultou num grande sucesso:

Sendo assim, após muitos testes, foi desenvolvida uma fórmula que preserva as nanopartículas da astaxantina num estado de estabilidade, protegendo-as simultaneamente da luz e calor. Esta fórmula permitiu que a astaxantina de alta densidade penetrasse profundamente na pele, oferecendo vários benefícios. Apresentando a astaxantina como principal componente, nasceu a série de produtos ASTALIFT da Fujifilm.

A Fujifilm alavancou as suas tecnologias exclusivas, tornando utilizável um ingrediente de difícil utilização. Então, a ASTALIFT tornou-se a primeira de uma série de produtos nos quais a Fujifilm explorou o potencial de vários compostos de cuidados com a pele.

Transformar a dúvida em curiosidade, construindo o valor da marca.

A Fujifilm foi bem sucedida na utilização de I&D e das tecnologias de produção, causando impacto no mercado de skincare. Além disso, o marketing da empresa nos cuidados com a pele também foi único.

Então, para a estratégia, ao contrário de criar uma marca independente para a sua linha de produtos de cuidados com a pele, a Fujifilm utilizou a mesma marca, tornando a tecnologia avançada um dos principais argumentos de venda. Muitos colaboradores da empresa não acreditaram no sucesso, sendo que a Fujifilm era conhecida como uma empresa de película fotográfica.

Certamente, a entrada da marca Fujifilm neste mercado constituiria uma surpresa. A Fujifilm decidiu tirar proveito deste fator. As pessoas questionariam por que motivo a Fujifilm, de entre todas as empresas, entraria no mercado de skincare. A dúvida conduziria à curiosidade e a Fujifilm responderia demonstrando como a tecnologia avançada com origem na película fotográfica poderia fazer a diferença.

Os anúncios de televisão baseados nesta estratégia original tiveram um enorme impacto no Japão, promovendo, de maneira eficaz, a marca e a tecnologia da Fujifilm neste mercado. A empresa percebeu que os consumidores estavam agora mais interessados em resultados de skincare genuínos do que em adquirir fotografias. A apresentação juntamente com a nova opção de cuidados para a pele baseados em sólidas evidências científicas resultou num sucesso comercial.

Além disso, enquanto predominavam no mercado dos cuidados para a pele embalagens brancas ou claras, a Fujifilm optou por um design vermelho brilhante. Esta embalagem causou uma grande impacto, dando ênfase à cor natural da astaxantina e aumentando a notoriedade da marca Fujifilm.

Utilizar o potencial da ciência para criar produtos de skincare avançados

Desde a entrada no mercado dos cuidados para a pele em 2006, a Fujifilm desenvolveu várias fórmulas originais que destacam todo o potencial dos ingredientes, incluindo nano-ceramida do tipo humano, nano-licopeno, nano-AMA, nano-orizanol e nano-vitamina A. A Fujifilm desenvolveu uma área de negócio extremamente sólida nos cuidados para a pele, ao disponibilizar aos consumidores produtos com base numa intensa pesquisa científica. Além do Japão, a Fujifilm comercializou com sucesso a sua linha de skincare, a ASTALIFT, na China, Coreia do Sul, Sudeste Asiático e outras regiões, desenvolvendo uma marca de âmbito global.

Mas, ainda não contente em apenas constituir um novo player num mercado sobrecarregado e competitivo, a Fujifilm conseguiu construir uma presença forte da marca num reduzido período de tempo. Trata-se de outro exemplo de como a Fujifilm afastou as limitações do rótulo “empresa de película fotográfica” e obteve sucesso num numa área completamente nova.

Então, após sentir o sucesso do seu esforço, os pesquisadores e os profissionais de marketing Fujifilm mantiveram o forte entusiasmo na sua missão de introdução de produtos de skincare originais para o consumidor interessado em melhorar a saúde e a beleza. Enquanto avançam o desenvolvimento alicerçados na ciência, procuraram também divulgar as tecnologias da Fujifilm mais eficazmente e criar uma marca ainda mais sólida.

Assim, já ultrapassando o seu estatuto de “recém-chegado” no mercado de cuidados com a pele, a Fujifilm pensa no futuro.

Em conclusão, a empresa continuará a alavancar o seu DNA dos filmes fotográficos para desenvolver produtos de skincare únicos que façam  a diferença na vida das pessoas.

MAIS NOTÍCIAS

VER MAIS
Prêmio RedDot Winner 2021

Red Dot Design 2021: Fujifilm bate recorde com 29 produtos vencedores

Quando falamos de soluções completas, falamos em produtos com inovação de design, funcionalidade, ergonomia, ecologia e durabilidade. Estes são requisitos fundamentais para o desenvolvimento de…

distribuidora quimagraf químicos e chapas offset: Mãos dadas fechando negócio e descrição na imagem: Quimagraf + Fujifilm, uma parceria de sucesso

Nova distribuidora de chapas e químicos offset – Quimagraf, a nova parceria da Divisão Gráfica Fujifilm

A Quimagraf foi selecionada para ser a distribuidora oficial da marca Fujifilm para o segmento de chapas de impressão e produtos químicos para o mercado…

A Fujifilm assume o desafio em fazer da medicina regenerativa uma realidade

No mundo atual, existem ainda muitas doenças sem tratamentos eficazes e milhões de pessoas aguardam com esperança pela sua descoberta. Uma abordagem radical a este…

Escolha sua área de interesse e acompanhe as novidades da Fujifilm Brasil

Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro do assunto!